mundo1

“Levava uma vida sossegada, gostava de sombra e água fresca”… bem, essa foi uma das músicas brasileiras que fizeram  muito sucesso no Brasil e aposto que assim como 2 + 2 são 4, que esse hit fez parte do sonho de milhares de pessoas, inclusive desse que vos fala.

Desde os primórdios da humanidade, o homem sempre sonhou em levar uma vida de ócio, não é a toa que gasta o que tem com jogos de azar, na busca ficar rico e nunca mais trabalhar para se sustentar. Reza a lenda de que esse foi um castigo deixado por Deus, pelo fato do homem tê-lo desobedecido ao comer do fruto proibido, mas que castigo cruel rs….

Marx disse que o trabalho dignifica o homem, eu digo que o trabalho estressa, irrita e humilha o homem. Creio eu que a maioria das pessoas não gostam de trabalhar, elas gostam do dinheiro que recebem, caso digam o contrário, podem depositar o salário de vocês na minha conta e vivam felizes pra lá !

Pois bem, não era necessariamente isso o que eu queria escrever durante esse tempo, porém, não quero fazer desse texto uma defesa a uma determinada classe social, nem tampouco gerar polêmicas, mas quero enfatizar que nós costumamos supervalorizar alguns comportamentos e menosprezar outros, enquanto se analisarmos a classe de respostas que emitimos, as conseqüências de nossos comportamentos são as mesmas: o dinheiro, o que muda é só o que doamos para obtê-lo.

É do conhecimento de todos que as mulheres que vendem o próprio corpo em troca de dinheiro são ridicularizadas pela sociedade, esse preconceito é antigo e perpassa a civilização moderna, pois o sexo sempre foi um tabu diante de todos nós. Porém, as pessoas atribuem o fato de vender o próprio corpo somente aquelas que vendem os “ objetos meretrísticos ” ou os rapazinhos que prestam favores as senhoras carecidas de sexo, e se esquecem que doam seu tempo, os seus braços, parte do seu cérebro e suas pernas em troca de um salário mínimo no final do mês. Afinal de contas isso também não é prostituir-se? Que diferença faz se uma mulher vender os seus genitais, enquanto você vende 6 horas dos seus braços em frente ao computador para ganhar uma grana no final do mês? As classes de respostas são semelhantes e produzem o mesmo efeito no ambiente: dinheiro. Pense nisso antes de ridicularizar o trabalho de alguém, seja um carpinteiro, aquele que trabalha com coleta seletiva, o catador de papel e até mesmo os profissionais do sexo.

Anúncios